Nossa história, como tudo começou!

Tudo começou no ano de 2002 quando os representantes comerciais Daniel Cordeiro e Antônio Zeferino Souza se conheceram ao representarem em Jacareí a empresa Sant’Clair Remoções Hospitalar onde trabalharam juntos por quase um ano e meio, e nesse período construíram uma grande e saudável amizade, após deixarem a Sant’ Chair permaneceram juntos em outras atividades sempre seguindo o ramo de vendas que é o que ambos fazem de melhor.

Neste período Daniel e Antônio receberam uma proposta para representar comercialmente um jornal de noticias que estava para ser lançado na cidade e percebendo que a proposta era viável e o produto era de boa aceitação passaram a se especializar nas vendas de publicidade impressa, onde representaram duas fortes mídias escrita na cidade sendo a primeira o “Jornal Gazeta de Noticias” e depois “O Jacareiense”, e assim ambos pegaram gosto não só em vender anúncios e propagandas mas principalmente em fazer o jornal...

Essa parceria durou até setembro de 2004, quando Daniel Cordeiro assumiu a presidência do diretório municipal do PSC (Partido Social Cristão), e precisou se afastar do jornal para preparar o partido para a disputa das eleições municipais que seria em outubro, acabando por deixar o jornal em um segundo plano, já o vendedor Antônio Zeferino passou a ajudar um amigo (Bogodão) nas vendas e divulgação de planos odontológicos na empresa Odontonog.

Após o período eleitoral de 2004 O Jacareiense deixou de existir por motivos pessoais envolvendo o proprietário José Roberto Cruz que continuou somente com às atividades de professor, Daniel Cordeiro iniciou um trabalho nas vendas de consórcios em São José dos Campos e o Antônio continuou nas vendas de planos odontológicos, em 2007 Daniel e Antônio se reencontraram e tomando um café na padaria Paris decidiram voltar à investir seus conhecimentos e tempo em Jornal impresso e percebendo que a cidade estava carente de um jornal serio e comprometido com a cidade, resolveram criar um jornal próprio à qual deram o nome inicial de “Comunidade em Evidência” e nessa ocasião convidaram o Bogodão para ser o terceiro sócio do jornal, por ter um escritório localizado no centro da cidade, também contrataram a jornalista Valeria Campanholle Parra para assinar o jornal e o diagramador Rodrigo Fernandes da IS Designs que era quem confeccionava o jornal e assim publicaram o primeiro exemplar no formato tabloide no dia 23 de fevereiro de 2008, com uma tiragem de cinco mil exemplares e a manchete que é a matéria principal falava do crescimento das vendas no comercio virtual.

Daniel, Antônio e o Bogodão fizeram uma estimativa na época de produzirem dez edições consecutivas em tamanho tabloide e após a decima edição, passariam a produzir em tamanho Standart que é o tamanho considerado oficial para jornal impresso no Brasil, porem o sucesso dessa primeira publicação foi tamanha que já na segunda tiragem foi preciso mudar o tamanho de tabloide para Standart e aumentar o número de páginas de seis para oito páginas, para poder abrigar tantas propagandas e também matérias pagas que os vendedores e agora donos do Jornal Comunidade em Evidência venderam para essa segunda edição e assim começou nossa história de sucesso.

O terceiro sócio do jornal logo desistiu de permanecer na sociedade entendendo que não era sua “praia” e pouco contribuía com o crescimento do mesmo e assim Daniel e Antônio resolveram alugar outro espaço físico na Rua João Américo da Silva nº 76 onde permaneceram durante sete anos consecutivos publicando um total de 178 edições já que o Jornal Comunidade em Evidência era publicado duas vezes por mês geralmente sábado sim e sábado não... Com uma tiragem de sete mil exemplares por quinzena somando quatorze mil exemplares mês.

Com a empresa à todo vapor em ritmo acelerado de crescimento, chegaram outros colaboradores para ajudar na produção e na distribuição do jornal, e assim Beto, Sávio, Samires, Davi, Wéllington, Jorge Gutierres e Rosicler passaram a fazer parte desta grande família, fora é claro os parceiros colunistas e também os entregadores de jornais que também sempre deram suas contribuições ao Jornal Comunidade em Evidência.

No ano de 2009, a jornalista Valéria Campanholli Parra, conseguiu junto à Associação Comercial de Jacareí à participação da direção do jornal em um curso de aprimoramento administrativo junto ao SEBRAE, e neste curso fomos orientados á fazer uma mudança no nome do jornal que era um nome muito grande e também a palavra “comunidade” dava um sentido ao jornal de ser um informativo de igreja ou de condomínio, e após relutarmos um pouco com a ideia de mexer no nome do jornal, acabamos dando razão ao SEBRAE e aceitamos fazer a mudança e assim mantivemos o nome Evidência e acrescentamos o News que quer dizer noticia, e então o jornal passou a se chamar “Jornal Evidência News” ou apenas JENEWS como ficou popularmente conhecido desde então...Em 2012, mais uma proeza nos esperava e está foi muito comemorada por todos do JENEWS, conseguimos o direito de usar em nossas publicações impressas ou on-line o selo da CONEEDJORE (Conselho Nacional das Empresas Editoras e Distribuidoras de Jornais e Revistas no Brasil), e todas às mídias escritas que possuem este selo de autenticação e aprovação é porque está sendo reconhecida à nível nacional por ser uma empresa séria que trabalha dentro dos padrões corretos na forma de publicações escritas e também distribuições dos impressos, e ter este selo nos resultou em mais credibilidade na hora de vender anúncios já que a “CONEED”, fiscaliza e garante à tiragem que imprimimos e distribuímos.
 
Com o passar dos anos o amigo Antônio Zeferino Souza também precisou se ausentar da sociedade após perder sua mãe, e alegando problemas pessoais e de saúde, Antônio deixa o JENEWS em um momento de crise e mudanças em todos os jornais e revistas do Brasil, foi quando á nova tendência do mercado das redes sociais invadiu o país, ditando uma nova regra á ser seguida pelas empresas, indústrias e comércios em geral que antes dependiam da mídia escrita e impressa para fazer seus anúncios e propagandas, porem com essa nova veiculação das redes sociais migraram repentinamente para o Orkut, Facebook, Whatsapp e o Instagram, trazendo as dificuldades financeiras e o desgaste pela sobrevivência afetando diretamente todas as mídias escritas impressas que por sua vez tiveram que se reinventar se adequando á uma nova versão on-line para continuarem suas atividades, e com o JENEWS não foi diferente, também nos readequamos para continuarmos vivos e em “evidência”.
 
Em dias atuais o JENEWS é comandado por Daniel Cordeiro e Rodrigo Fernandes que é um dos colaboradores que sempre esteve junto com o jornal desde seu inicio, e agora Rodrigo também faz parte da direção do jornal que passou ser virtual, hoje o JENEWS On-line é uma versão atualizada do Jornal Evidencia News impressa que ganhou credibilidade na cidade de Jacareí sempre mostrando o que Jacareí tem de melhor, nossa proposta arrojada deu voz e visualização á muitas pessoas que possuem habilidades para escrever sobre os mais diversos assuntos, fotografar, opinar, entrevistar, desenhar entre outros talentos que estavam escondidos no anonimato e com suas virtudes enterradas, mas agora fazendo parte do JENEWS, passaram ser conhecidas e são verdadeiros formadores de opinião de um público exigente e diversificado que sabe apreciar as curiosidades de uma boa informação.

Edições Lançadas

Em quase doze anos de existência, o JENEWS publicou 260 edições impressas, do total de publicações 63% circularam mais de 5 vezes e 87% circularam mais de 3 vezes, números que comprovam que o JENEWS é um jornal que trás resultados para quem anuncia.

Anúncios Publicados

o JENEWS publicou aproximadamente 10.400 propagandas, O resultado final em visualizações estampada nessa mídia sempre foi motivo de satisfação para os nossos anunciantes, que precisam ser vistos para serem lembrados.

0
Edições Impressas
0
Anúncios Publicados

LEITORES DO JENEWS